IndicarIndique este portal FavoritarAdicionar aos favoritos
Notícias

25ª Convecon começa com palestra de Leandro Karnal sobre o futuro da Contabilidade

Postado em 10/10/2017.

Com o tema “Escrevendo a História e o Futuro da Contabilidade”, a 25ª Convenção dos Profissionais da Contabilidade do Estado de São Paulo – Convecon teve início nesta segunda-feira (9). Neste primeiro dia, centenas de profissionais da área puderam participar da feira de negócios - onde o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo - Sindcont-SP tem um estande e sorteará um tablet no último dia do evento - que ocorre simultaneamente às palestras e aos workshops realizados na Convenção.

Autoridades do setor e do meio político participaram das atividades da abertura da Convenção. A mesa solene do evento foi composta pelo presidente do Conselho Regional do Rio Grande do Sul, Antônio Carlos de Castro Palácios, representando os presidentes dos CRCs do Brasil; pelo presidente do Ibracon 5ª Regional, Sergio Antonio Dias; pelo vice-presidente de Fiscalização e Ética do Conselho Federal de Contabilidade – CFC, Luiz Fernando Nóbrega; o ex-presidente do CFC, Juarez Carneiro; elo deputado federal Arnaldo Faria de Sá; e pelo presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP, Gildo Freire de Araújo.

Medalha

Na ocasião, o professor Wellington Rocha, presidente da Fipecafi, foi agraciado com a Medalha Professor Hilário Franco, por seu trabalho no ensino e na pesquisa da ciência contábil. Em seu discurso, o homenageado contou que seu sogro, já falecido, era amigo do professor Hilário Franco e que isso tornava a outorga da medalha ainda mais significativa para ele.

O professor agradeceu ainda um dos seus chefes, que o incentivou a investir na Contabilidade como profissão. “Quando eu era mais jovem sonhava em cursar medicina, um curso caro no qual seria preciso ter mais recursos do que eu dispunha, tanto por ganhar meio salário mínimo (o que era permitido na época para menores de 18 anos) quanto por ser arrimo de família. Naquele tempo eu trabalhava como office-boy em uma empresa. Foi quando meu chefe me aconselhou a fazer o curso técnico em Contabilidade, porque esta me daria mais estabilidade financeira e possibilidade de crescimento profissional. E esta foi a melhor escolha que eu fiz”, contou o homenageado.

Representações

Representando as Entidades Contábeis do Estado de São Paulo, o presidente do Ibracon – 5ª Região, Sérgio Antônio Dias da Silva, afirmou que “trabalhando o futuro da profissão está voltado ao aprimoramento, por meio dos Exames de Suficiência, de Qualificação Técnica e da Educação Profissional Continuada. Esta Convenção contribui, com uma programação de alta qualidade para esse aprimoramento”.

A vereadora Edir Sales, por sua vez, entregou ao presidente do CRCSP, Gildp Freire de Araújo, um voto de júbilo, que posteriormente também será e encaminhado ao Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP, ao Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo – Sescon-SP, bem como ao Instituto dos Auditores Independentes do Brasil – Ibracon, à Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Fecontesp, e à Associação dos Peritos Judiciais do Estado de São Paulo – Apejesp.

Anfitrião

O grande anfitrião da noite, Gildo Freire de Araújo, lembrou em seu discurso das mudanças pelas quais o modelo econômico no qual estamos inseridos está passando. “Graças à tecnologia, o profissional da Contabilidade teve que mudar seu rumo, alterar as suas metas e mergulhar mais profundamente na vida das empresas e dos governos, tornando o exercício contábil um instrumento essencial para que as decisões a serem tomadas sejam embasadas nas informações que o fazer contábil fornece”, destacou.

Palestra

A abertura da 25ª Convecon também foi marcada pela palestra magna “Transformação Digital e o Fator Gente”, ministrada pelo historiador Leandro Karnal. Em sua explanação, o professor lembrou que a crise econômica pela qual passamos não é exatamente uma novidade, mas sim um processo cíclico, que volta de tempos em tempos. Por isso, é importante focar no que fazer quando o Brasil voltar a crescer em 2018 e se estabilizar.

“A corrupção também não é alo novo no Brasil. Nossa história é permeada por escândalos de corrupção. Então precisamos lembrar que se muitos roubam é porque muitos mais depositam no cofre que será roubado”, destacou.

Então, de acordo com o palestrante, precisamos construir o mundo no qual desejamos viver. “Meu projeto é para um país, é para mim. Isso é muito maior do que a política atual ou futura com a qual iremos nos deparar. Em 20 anos o mundo será governado por uma nova geração e precisamos nos adaptar às mudanças, porque o nosso tempo é hoje. Não é em 1980. É em outubro de 2017”, ressaltou Karnal.

Continua

O evento está sendo realizado no espaço Pro Magno, localizado na Rua Samaritá, nº 230, no bairro da Casa Verde. Nesta terlça-feira serão realizadas diversas palestras sobre temas voltados à Contabilidade. 

Visite-nos no LinkedIn! Curta nossa página no facebook!



Texto: Katherine Coutinho
Fotos: Katherine Coutinho
Edição: Lenilde De León

De León Comunicações