IndicarIndique este portal FavoritarAdicionar aos favoritos
Notícias

José Antonio Santos de Mello: É preciso melhorar a comunicação com o cliente

Postado em 17/01/2018.

José Antonio Santos de Mello ingressou na Contabilidade no município de Itapetininga em 1977. Como trabalhava em um banco na época, aproveitou a oportunidade de estudar e ainda crescer profissionalmente, uma vez que já fazia os fechamentos diários da agência na qual atuava. 

No entanto, com o passar dos anos, o Contabilista teve outras experiências profissional, fora o banco, que o fizeram sentir a necessidade de buscar novos conhecimentos para exercer, de forma adequada, a profissão Contábil. 

“Alguns anos depois de concluir a minha formação em Contabilidade, comecei a prestar consultoria junto a escritórios. Quando fui morar em Taboão da Serra, passei a exercer esse trabalho. Foi na consultoria que senti a necessidade de ter um suporte de colegas e especialistas, então eu conheci e ingressei no Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP. O meu primeiro balanço eu encerrei dentro do Sindicato”, conta Mello. 

Atual secretário do novo Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis – CEDFC de Taboão da Serra, José Antonio acredita que a iniciativa irá facilitar a vida dos Contabilistas da região no tocante à busca por atualização e informações voltadas ao seu dia a dia profissional.

“A minha expectativa é que os profissionais da região descubram, assim como aconteceu comigo em São Paulo, a possibilidade de se ajudarem, porque muitos trabalham de forma isolada nestes municípios, sem a oportunidade de usufruírem os benefícios que a troca de ideias e experiências com outros Contadores proporciona. Assim saberem que um pode contar com o outro para se fortalecer”, salientou o Contabilista. 

Casado e pai de dois filhos, Mello hoje curte as delícias de ter um neto. Sua esposa, hoje aposentada, foi professora e diretora de uma escola. Seus filhos também não optaram pela Contabilidade, mas isso está longe de lhe causar algum tipo de tristeza. Pelo contrário, pois sabe que cada indivíduo tem a sua vocação e aptidão para as diversas áreas existentes no mercado de trabalho.

Para o futuro, o Contabilista acredita que a Contabilidade irá evoluir com um viés mais humano, com o desenvolvimento de comunicação e relacionamento com seus clientes, que são os pontos que mais sente falta atualmente. “Acredito que os Contadores irão se aproximar mais dos empresários, tornando o trabalho mais eficiente e prático, o que já busco fazer com os meus clientes”, afirmou.

Visite-nos no LinkedIn! Curta nossa página no facebook!



Texto: Katherine Coutinho
Fotos: Katherine Coutinho
Edição: Lenilde De León

De León Comunicações