IndicarIndique este portal FavoritarAdicionar aos favoritos
Notícias

Fio dental: saiba como utilizá-lo corretamente

Postado em 07/08/2018.

            Todos nós estamos cansados de ouvir sobre a importância da utilização do fio dental. Ele atinge áreas em que a escovação não faz a limpeza correta, sendo assim, se torna indispensável para completa e total higiene oral.
 A correria do nosso cotidiano às vezes impede a utilização de escova e fio dental após todas as refeições, mas ressalto a importância de, pelo menos, uma vez, diariamente, fazer o uso correto. As bactérias que ficam entre os dentes podem gerar doenças gengivais e levar a outras mais sérias, como, por exemplo, a endocardite bacteriana, que, por sua vez, pode levar a óbito.

            Sugiro que esta dedicação seja antes de dormir, evitando assim, a proliferação bacteriana noturna. O fio dental surgiu nos Estados Unidos, no século XIX, e seu inventor foi o dentista de Nova Orleans Levi Spear Parmly (1790 – 1859), em 1815. Ele começou a recomendar aos seus pacientes que utilizassem seu próprio fio dental, feito de seda. Mas restos do que seria um suposto fio dental foram encontrados entre os dentes de humanos pré-históricos.

            Conheça os tipos de fio dental

- Monofilamentoso: formando por um único filamento dental, possui menor probabilidade de desfiar e de se romper. Por isso, é indicado para pessoas que possuem pouco espaço entre os dentes.

- Multifilamentoso: é composto por várias fibras de nylon que se abrem e seriam capazes de atingir maior área de limpeza. Contudo, a chance de desfiar é maior, já que suas fibras são mais frágeis. Desse modo, esse tipo de fio dental é indicado para pessoas que possuem um maior espaço interdental.

- Superfloss: este fio foi desenvolvido para pessoas com aparelho ortodôntico, coroas e implantes, já que esses casos precisam de uma limpeza mais precisa.

- Fita dental: a fita dental é mais fina e achatada. Com filamento único, não afrouxa como o fio, que tem vários filamentos em formato cilíndrico. Quanto à eficiência, as duas são semelhantes.

            Não utilize o mesmo pedaço de fio em diversos dentes. O ideal é que em cada dente se utilize um espaço do fio que ainda não foi usado, para que as bactérias retiradas de um lugar não sejam depositadas em outro. Procure se estender além da linha gengival, mas não force o fio contra o tecido, para que não o machuque. Após fazer o procedimento em todos os dentes, bocheche água para retirar os restos de alimentos e faça sua escovação. Mesmo que haja sangramento, continue a passar o fio para promover uma higiene bucal melhor e evitar a gengivite, inflamação do tecido gengival. Uma dica é procurar seu dentista: peça a ele algumas indicações.

Convênio odontológico gratuito para Associados ao Sindcont-SP

            Profissionais da Contabilidade associados ao Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP têm muito mais motivos para sorrir. Em parceria com o Dr. Sorriso, a Entidade oferece atendimento odontológico gratuito! Em ampla rede, formada por 42 clínicas próprias e mais de 1.000 consultórios conveniados no Estado de São Paulo, estão cobertos 224 procedimentos, nas áreas de Clínica Geral, Cirurgia Oral Menor, Dentística (restaurações), Odontopediatria, Periodontia (gengivas), Endodontia (canais), prevenção e Radiologia. O benefício é válido para os Associados em situação de adimplência. Clique aqui e saiba mais!

           Sindcont-SP: saiba mais sobre sua entidade de classe e faça parte!

            Fundado em 1919, o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP é a primeira Entidade Contábil do Estado de São Paulo e a segunda do Brasil, por onde passaram e passam os principais líderes da profissão. A Instituição representa cerca de 80 mil Profissionais da Contabilidade nos 20 municípios que compõem sua base territorial e tem sua história dedicada à defesa dos interesses, ao fortalecimento e à valorização da Classe Contábil, para os quais promove inúmeras iniciativas.

 

 



 

Visite-nos no LinkedIn! Curta nossa página no facebook!



Texto: Dr. Diogo Vilela, profissional da rede Dr. Sorriso
Fotos: Eros Casabranca
Edição:

Comunicação Sindcont-SP