Notícias

Sindcont-SP promove debate sobre controladoria no dia a dia

Postado em 09/08/2019.

 

Com intuito de apresentar o dinamismo de uma controladoria para o dia a dia dos escritórios de Contabilidade e para seus clientes, além de enfatizar a relevância na elaboração de relatórios gerenciais com base em uma Contabilidade ativa, bem como a importância dos relatórios gerenciais para tomadas de decisões, o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP promoveu, na última quinta-feira, 8 de agosto, em sua sede, uma palestra sobre o assunto.

A atividade, realizada pelo Grupo de Estudos de IFRS e Gestão Contábil do Sindicato, contou com a participação do diretor Cultural, Claudinei Tonon, e do vice-diretor Secretário, Milton Medeiros de Souza, que intermediaram o evento. O tema “Controladoria no dia a dia” foi abordado pelo contador e especialista na área Marcos Mota, que foi aluno da 39ª turma do curso Escritório Contábil Modelo e, que, atualmente, está montando um empreendimento, juntamente com ex-colegas do curso que é promovido pelo Sindcont-SP.

Entre os assuntos explicados, houve uma breve introdução sobre controladoria apresentando seus conceitos, principais características pessoais do controller, ferramentas utilizadas, fluxo de caixa financeiro, relatório gerencial e orçamentos, além das demonstrações financeiras, seus índices de liquidez, endividamento e de lucratividade e rentabilidade.

“Um dos principais conceitos relacionados ao tema controladoria é demonstrar a vida financeira da entidade para pessoas que não tem conhecimento contábil. Com isso, o nosso papel é indicar e levar esse conjunto de informações aos empresários para que possamos demonstrar os melhores caminhos para que eles possam seguir. Temos a missão de ajudar o cliente a ter um plano estratégico e mudar seu jeito de trabalhar, principalmente em relação ao fluxo de caixa”, disse Mota, ao explicar as principais características pessoais do controller que, segundo ele, passa por um conjunto de conhecimentos: Contabilidade, Administração, Psicologia, Estratégica e Recursos Humanos.

Para Marcos, não é preciso um estudo na NASA para conseguir interpretar uma controladoria de indicadores, mas, apenas seguir uma série de critérios. “Ter fluxo de caixa financeiro, relatório mensal resumido, indicadores de performance mensal e, principalmente, disponibilizar de forma rápida os relatórios”, finalizou o profissional contábil que, após sua apresentação, tirou as principais dúvidas dos participantes.  

 

Visite-nos no LinkedIn! Curta nossa página no facebook!



Texto: Renato Ricarte
Fotos: Renato Ricarte
Edição:

Comunicação Sindcont-SP