Palavra do Presidente

Por que o Sindcont-SP é a Casa do Saber Contábil

O termo saber significa “conhecer, ser ou estar informado”. Na prática, estamos discutindo o conhecimento que é, em suma, o domínio das leis; percepções dos fatos; inteiração de idiomas, etc.

Na Contabilidade, o saber é importantíssimo, visto que a profissão é uma Ciência. Ademais, com o poder do conhecimento, o profissional que atua na área consegue dominar assuntos que o capacitam a conviver com os números e a realidade trabalhista, tributária, empresarial, societária e previdenciária, o que certamente dará um impulso extraordinário à sua carreira.

Mais do que nunca, a Contabilidade hoje exige muito saber. E, tendo consciência disso, o Sindicato dos Contabilistas do São Paulo adotou, nesta gestão, o slogan: “Casa do Saber Contábil – Sindcont-SP”.  E, para fazer jus ao conceito, está investindo maciçamente em Educação Profissional Continuada, traduzida em realização de cursos, palestras, seminários, eventos para debater temas de interesse e, principalmente, na troca de experiências e informações técnicas necessárias ao dia a dia do profissional.

Desde a sua fundação, há mais de 100 anos, o Sindcont-SP norteia suas atividades pela missão de transmitir conhecimento aos profissionais da Contabilidade. E esta missão está tão arraigada nesta diretoria que estamos trabalhando para que o profissional contábil encontre no Sindicato tudo o que precisa para a sua evolução profissional, a ponto de vir a entender o Sindcont-SP como a “Casa do Saber Contábil”.

Já temos espaços consagrados para essa troca de saberes, como as reuniões semanais do Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis – CEDFC de São Paulo, criado em 1945, e dos demais núcleos do Centro de Estudos nos municípios de Diadema, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Taboão da Serra. Estes são canais permanentes de troca de experiências profissionais. O mesmo vale para o Grupo de IFRS e Gestão Contábil, que existe desde 2009, acompanhando a implementação a revisão das Normas Internacionais de Contabilidade; o Grupo de Estudos de Tributos e Demais Contribuições, que observa e discute as obrigações fiscais e acessórias existentes; e o Centro de Estudos Técnicos do Terceiro Setor – Cettese, criado em 2007 como uma iniciativa inédita na Contabilidade, visto que as particularidades das noções contábeis para as entidades sem fins lucrativos.

Isso sem contar o Centro Piloto de Aperfeiçoamento e Especialização Contábil “Senador João Lyra” – Cepaec, que está sempre ofertando cursos, treinamentos e palestras com conteúdos atualizados e de grande relevância para a formação e aperfeiçoamento do profissional contábil.

Então, o Sindcont-SP, como a Casa do Saber Contábil que tradicionalmente já é, estará ainda mais atuante junto aos órgãos oficiais e entidades  de classes afins, aos quais estamos visitando com o propósito de melhorar o fluxo de informações e trazer mais conhecimentos, saberes e melhorias objetivas para a atuação dos nossos associados e filiados.

Repassar conhecimento não é apenas transmitir informações ou esclarecer pontos controversos da legislação empresarial, que é a nossa matéria-prima de trabalho, é saber integrar interesses, inspirar ideias e adotar novas posturas e atitudes, que agregarão valor à nossa profissão. E isso só será possível com a integração do Sindcont-SP junto às autoridades e órgãos públicos com os quais interagimos, a exemplo da Câmara Municipal de São Paulo; do Tribunal Regional do Trabalho – TRT 2ª Região; da  Secretaria da Fazendo do Estado de São Paulo; da Tribunal de Impostos e Taxas – TIT; e outros, cujos titulares nos receberam durante o mês de fevereiro, para apresentarmos o Sindicato e tratarmos de ações e parcerias futuras.

Estamos certos de que só o conhecimento é capaz de ampliar horizontes e nos permitir avançar com segurança em busca de nossos sonhos e realizações. E essa será a nossa busca incessante.

Portanto, bem vindos à “Casa do Saber Contábil”.

Geraldo Carlos Lima é presidente do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo –  Sindcont-SP  – Gestão 2020-2022